Atenção futuras mamães: prática de atividade física faz bem na gestação

4 meses atrás


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Divulgação | Tribuna de Petrópolis

A prática esportiva é altamente recomendada durante a gravidez. Além de ser benéfica para o bebê e para a mulher, ela ainda ajuda na recuperação pós-parto. Segundo o doutor Élvio Floresti Junior, ginecologista e obstetra, os exercícios físicos feitos regularmente, aliados a uma alimentação saudável, diminuem a probabilidade de doenças na gravidez como o diabetes gestacional.

“Apesar dos benefícios é preciso ter cuidado. A gestante antes de mais nada deve consultar seu obstetra e avaliar que atividades são indicadas”, alerta doutor Élvio. A mulher que sempre se exercitou deve apenas maneirar no esforço, continuar suas práticas de forma ponderada. “As atividades físicas para grávidas devem ser mais controladas e limitadas. Os profissionais que as acompanharem devem sempre ter cautela em relação às limitações de cada uma”, relata o ginecologista.

Esportes coletivos e de alto contato físico como futebol e basquete devem ser evitados. “Os melhores exercícios são aqueles que trabalham principalmente os músculos que serão utilizados na hora Atenção futuras mamães: prática de atividade física faz bem na gestação do parto. Atividades aquáticas como natação e hidroginástica são ótimas, pois têm baixo impacto e fazem a futura mamãe se sentir bem, pois proporcionam leveza ao corpo que vem aumentando de peso”, enfatiza.

 um alerta: “Abdominais, ou exercícios que comprimem a região da barriga devem ser evitados principalmente no 2º e 3º trimestre de gravidez. Até por isso, atividades de crossfit com exercícios de alta intensidade não são recomendados”, diz.

Já para as amantes de corrida, a recomendação do Doutor Élvio é buscar um profissional para o acompanhamento. “Se a gestante já pratica corrida regularmente geralmente não há contra-indicações nos primeiros meses de gravidez. Com o tempo, a recomendação é diminuir a distância e substituir a corrida por caminhada, devido ao impacto do esporte. A caminhada diária diminui o risco de diabetes e hipertensão”, esclarece o médico.

“Até as atletas profissionais precisam de cuidados especiais. Os treinos, independente da modalidade, precisam de um acompanhamento ainda maior de um personal e a visita mais frequente ao obstetra”, finaliza.



Cai em 21,5% o número de brasileiros que bebem e d...

O endurecimento da Lei Seca, no ano de 2012, está surtindo efeito entre os motoristas das capitais brasileiras. Segundo a mais recente pesquisa do Ministério da Saúde, o percentua...

Microcefalia: SUS vai oferecer estimulação precoce...

Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (11) no Diário Oficial da União inclui a estimulação precoce para desenvolvimento neuropsicomotor de crian&cced...

SUS terá medicamento para tratamento de pacientes...

O Sistema Único de Saúde (SUS) incorporou a oferta do medicamento Levetiracetam para o tratamento de convulsões em pacientes com microcefalia. O governo publicou na ediç&at...

Toda sexta-feira será o dia de combate ao Aedes ae...

O combate ao mosquito Aedes aegypti neste verão contará com o esforço de oito ministérios e da Casa Civil. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, se reuniu nesta quint...

Uso indevido do fone de ouvido pode causar surdez

Hoje é comemorado o Dia Nacional da Prevenção e Combate à Surdez, que tem como objetivo levar informação e educação sobre a saúde auditiv...

Febre amarela: atenção às recomendações

A subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde informou que 10 casos de febre amarela silvestre em humanos foram confirmados até agora no Rio. O lev...