Construção, comércio e indústria são os que mais demitiram em Petrópolis

Quinta Feira, 18 de Maio de 2017


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto Marco Oddone / Ernane Corrêa: o cenário da crise ainda está muito forte
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou esta semana os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes a abril. Pelo quarto mês seguido, Petrópolis teve saldo negativo demitindo mais do empregando. No período foram menos 104 postos de trabalho formal; no total foram 1.642 admissões contra 1.746 demissões. Em todo o ano, a cidade já perdeu 865 postos com carteira assinada.

Faça o seu login ou cadastre-se

facebook google linkedin

Idoso morre na rodoviária do Centro da cidade

Um idoso de 60 anos faleceu na noite desta quinta-feira (31), na Rua Doutor Porcíuncula, na Rodoviária do Centro da cidade. De acordo co...

Mais de 150 concursos públicos têm inscrições aber...

Em tempos de crise, muita gente está se desdobrando para estudar para provas de processos seletivos, com o objetivo de conseguir uma vaga num e...

Empresas de ônibus são notificadas para reservar v...

O Procon Petrópolis está notificando as empresas de transporte interestadual para que garantam o direito a duas vagas nos ônibus e...

Comissão especial discute a transformação da atual...

O Grupo Paritário de Trabalho (GPT) que discute as questões sobre a construção da nova estrada, criou uma comissão...

Assaltantes levam R$ 16 mil de lotérica em Pedro d...

A Lotérica Tic Tac, localizada na Estrada União e Indústria, em Pedro do Rio, foi arrombada e furtada na madrugada de domingo (8)...

Alunos desocupam o Colégio Dom Pedro II

Na manhã de hoje, às 11h, os cerca 30 alunos que ocupavam o Colégio Dom Pedro II, Cenip, desocuparam a unidade de ensino ap&oacut...