Contrato emergencial para iluminação pública

5 meses atrás


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Marco Oddone / Tribuna de Petrópolis | Tribuna de Petrópolis

Após uma série de reclamações, em diferentes pontos da cidade, referentes à falta de manutenção na iluminação pública, a Prefeitura anunciou ontem a contratação emergencial da empresa FM Rodrigues & Cia. Ltda. Segundo informações divulgadas no fim da tarde pelo governo municipal, o contrato prevendo “manutenção corretiva da rede” tem validade de seis meses ou até que a licitação, interrompida por determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), seja concluída. Hoje, integrantes do setor de iluminação pública da Prefeitura e da empresa vão se reunir para discutir o plano de trabalho, que deverá começar a ser executado na semana que vem. 

O planejamento tem como objetivo atender toda a demanda já apresentada pela população no menor prazo possível. Para isso, serão priorizados os bairros com maior número de solicitações. O trabalho em ruas de maior movimento de veículos, segundo o município, será realizado à noite, para não atrapalhar nem o trânsito nem o serviço. 

“Nós estávamos empenhados em apresentar a solução para esse problema e atender os pedidos apresentados pela população. Agora, todo o serviço será acompanhado de perto pelo setor de iluminação pública e, ao mesmo tempo, vamos continuar trabalhando para realizar a licitação”, explicou o secretário de Administração, Marcus von Seehausen. A concorrência para definir a empresa que faria o serviço estava marcada para o último dia 28, mas teve que ser adiada após o TCE solicitar alterações no edital. 

Duarte da Silveira, Quitandinha, Floresta, Fazenda Inglesa, Castelânea, Cascatinha, Siméria e Rua Teresa são alguns dos locais onde os moradores apresentaram solicitações de troca de lâmpadas, limpeza das luminárias, entre outros serviços. “Esse é um serviço muito importante e, por isso, vamos garantir que a manutenção seja eficiente. A iluminação pública é uma questão de segurança e, agora, a população poderá ficar mais tranquila porque toda a demanda apresentada será executada”, destaca o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi. 

A antiga empresa que fazia a manutenção da rede rompeu o contrato em março sem cumprir ordens de serviço feitas pelo setor de iluminação pública e fazendo trabalho que não foi demandado. Além disso, cobra uma fatura maior do que o serviço efetivo efetivamente prestado. Com a recusa da Prefeitura em pagar indevidamente, o contrato foi interrompido. 

A FM Rodrigues é uma empresa fundada em 1968 em São Paulo e trabalha para a Eletropaulo e a Light. Foi ela que fez, por exemplo, a iluminação do Estádio do Pacaembu, na capital paulista. A contratação foi feita ao preço de R$ 252 mil por mês, prevendo a manutenção de 40.805 pontos de luz na cidade.  

“A licitação prevê a expansão da rede, por exemplo, além de uma série de ações de melhorias. Neste contrato temporário, diante da urgência de restabelecer a iluminação em vários pontos, a empresa está contratada exclusivamente para a manutenção, ou seja, para fazer funcionar os pontos de luz existentes. A expansão de rede vai ser feita quando a licitação definir a empresa que vai operar o serviço”, aponta Marcus von Seehausen. 

É possível pedir manutenção da rede de iluminação pública pelo telefone 2233-8165 ou pelo site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br), no ícone de iluminação pública, na lista à direita. 



Programação especial no mês de junho deixa empresá...

Os feriados deste mês de junho prometem movimentar a cidade. Turistas e visitantes costumam subir a serra para visitar os pontos turístic...

Trajeto do túnel da BR-040 inclui áreas densamente...

O que era para ser o maior túnel rodoviário do Brasil, ligando o Rio de Janeiro a Petrópolis e reduzindo o tempo de viagem entre...

Homem é morto com seis tiros no Quissamã

Um homem de 27 anos foi morto com seis tiros na noite deste domingo (3) na Servidão Billwiller, no bairro Quissamã. Segundo os agentes,...

Moradores do Contorno se reúnem com defensor públi...

Cerca de 200 moradores do Contorno se reuniram na manhã desta segunda-feira (20) com o defensor público Cleber Francisco Alves, para dis...

Carro importado é flagrado a 115 KM/h na Serra d...

Um carro foi flagrado pelo radar da Polícia Rodoviária Federal (PRF) trafegando a 115 quilômetros por hora na rodovia Rio-Petr&oac...

Escolas ocupadas por estudantes terão recesso a pa...

A ocupação do Colégio Dom Pedro II continua e, na manhã de ontem, uma assembleia foi realizada no local onde ficou definid...