Cruz Vermelha pede anulação da licitação que contratou consórcio para gerir unidades

Por: Janaina do Carmo

Sábado, 14 de Outubro de 2017


Texto: A - A A +
Compartilhar:
A Cruz Vermelha Brasileira do Estado do Rio de Janeiro pediu à 4ª Vara Cível de Petrópolis a anulação da licitação que levou à contratação do Consórcio Saúde Legal, pela Prefeitura, para administrar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) do Centro e Cascatinha. O pregão aconteceu no dia 18 de agosto e teve como vencedor o Consórcio Saúde Legal.

Faça o seu login ou cadastre-se

facebook google linkedin

Leia também Febre Amarela: novo dia D vacinação acontece em março

Com o objetivo de ampliar ainda mais a cobertura vacinal contra febre amarela no estado, a Secretaria de Estado de Saúde vai realizar no s&aacu...

Leia também Secretaria de Saúde inicia vacinação de idosos e gestantes contra Febre Amarela

A Secretaria de Saúde inicia nesta segunda-feira (19) novo protocolo de imunização contra Febre Amarela. Por determinaç&at...

Leia também Câncer: mais de 300 mil crianças e adolescentes são diagnosticados todos os anos

No Dia Internacional de Luta Contra o Câncer na Infância, lembrado nesta quinta-feira (15), a Childhood Cancer International (CCI), alerta...

Leia também Crianças podem ter até 12 infecções no primeiro ano de vida escolar

O início da vida escolar de uma criança vem acompanhado de muitas expectativas e novidades. A adaptação é emocional...

Leia também Aromaterapia: conheça os benefícios que folhas e flores podem garantir ao corpo

Os aromas naturais ou fragrâncias de perfumes têm uma forte influência sobre as pessoas. Os perfumes variados oferecem sensaç...