Eleições terminam com campanha branda e tranquilidade no dia de votação

Por: Arthur Vieira

Terça Feira, 01 de Novembro de 2016


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Jornalista Arthur Vieira/ Foto Marco Oddone

O pequeno número de presos por boca-de-urna na cidade de Petrópolis (foram apenas cinco) que tem 300 mil habitantes, e dois candidatos sedentos pela vitória nas urnas, chamaram atenção da população. Assim como a ausência de sujeira nas calçadas perto dos locais de votação.

A boa notícia contrariou toda a imprensa, que já apostava na notícia clichê de ruas cheias de santinhos depois de encerrada a votação.

Afinal, a famosa “derrama” de material de campanha, é característica do período eleitoral em muitas cidades do país. Mas, desta vez, em Petrópolis não aconteceu.

Será que a população evoluiu nessa questão, ou acabou sendo pressionada pela fiscalização?

Durante todo o domingo de eleição foi percebida a presença de um reforço policial, não só nas seções eleitorais como também no patrulhamento das ruas da cidade. Em cada seção havia pelo menos um policial, e em cada local de votação (pelo menos em grande parte deles) um guarda civil.

Há quem diga que a presença das forças de segurança, de forma ostensiva, foi o principal fator responsável por manter a tranquilidade durante todo o dia de pleito.

No entanto, não se pode desconsiderar que a mudança das regras com relação à campanha eleitoral também foi um fator essencial para que tudo acabasse bem. Neste ano, a campanha foi muito mais calma, e a fiscalização do Tribunal Superior Eleitoral e seus respectivos TRE's foi muito mais rigorosa.

A notícia acabou repercutindo nas redes sociais, mas a maioria dos internautas prefere não apostar na educação dos cabos eleitorais, e sim na pressão do TSE e na presença ostensiva da PM como principais responsáveis pela surpresa de ter as ruas limpas no fim do dia e um pequeno número de presos.

De qualquer forma, fica o nosso “parabéns” a Petrópolis!

Veja mais no blog: visaoreporter.blogspot.com.

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Jornal Tribuna de Petrópolis.

TÓPICOS:

Reduzir salário ou reduzir comissionados

Comenta-se que o prefeito Bernardo Rossi está estudando a possibilidade de reduzir o salário de todos os cargos comissionados da Prefeit...

Na cabine de um caminhão também se fala sobre moto...

Sabe aquele dia bonito, sem nenhuma nuvem no céu, onde os sabiás nos acordam às seis da manhã? Então... logo bate a...

Sinos, cólera e a vida que se alimenta da vida

O templo budista de Wat Saket fica no topo de uma montanha. Lá de baixo é possível ouvir seus milhares de sinos ressoando ao vent...

Papo de Pescador

Bom dia aos amigos da nossa Tribuna de Petrópolis!Começando mais um ano de muito trabalho e muitas historias pra contar, mas com excelen...

Viagem São João Marcos

Em agosto de 1822, quando Dom Pedro l ia em direção à São Paulo concretizar a Independência do Brasil, ele pernoitou...

Quer elevar o patamar de sua vida? O primeiro pass...

Quer elevar o patamar de sua vida? O primeiro passo é definir seu objetivo. Este é o passo fundamental para o sucesso em qualquer &...