Morre primeiro paciente com suspeita de febre amarela em Maricá

Por: Agência Brasil

Quarta Feira, 19 de Abril de 2017


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto internet
O primeiro paciente com suspeita de febre amarela em Maricá, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, morreu nesta madrugada, no Hospital Evandro Chagas, da Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), na capital, para onde havia sido transferido ontem (18). Morador do bairro Bananal, na zona rural de Maricá, o paciente estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Inoã, com quadro suspeito de febre amarela transmitida pelo vetor silvestre da doença. Segundo informou hoje (19) a prefeitura de Maricá, amostras de sangue foram colhidas antes da remoção do paciente e enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro (Lacen), do estado, e ao laboratório da Fiocruz, que faz a testagem específica para a febre amarela. O caso é considerado como suspeito da doença até que os resultados dos exames sejam conhecidos.

Faça o seu login ou cadastre-se

facebook google linkedin

Minas Gerais confirma 99 mortes por febre amarela

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) publicou na tarde de hoje (3) mais um boletim epidemiológico com dados sobre a  febr...

Campanha para reduzir cesarianas desnecessárias en...

Com 136 maternidades participantes, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) inicia em janeiro a segunda etapa da Campanha Parto Ade...

Maioria da população aprova avaliação seriada para...

Pesquisa divulgada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) mostra que 76% da população brasileira acham bom ou ótimo que os estud...

Petrópolis zera transmissão vertical do vírus HIV

Há sete anos sem registrar transmissão vertical (de mãe para filho) do vírus HIV, Petrópolis faz parte de uma lista...

Farmácias populares podem fechar no fim do mês

O Ministério da Saúde (MS) já autorizou a Prefeitura a fechar as duas farmácias populares localizadas no Centro e em Corr&...

Uso de termogênicos pode trazer sérios riscos

O sonho de quase todo brasileiro é acertar os ponteiros com a balança. Numa geração que corre contra o tempo para tentar d...