Palácio Itaboraí sedia a exposição Japão: saúde, cultura e biodiversidade

2 meses atrás


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Foto: Divulgação | Tribuna de Petrópolis

O Fórum Itaboraí: Política, Ciência e Cultura na Saúde, unidade especial da Fiocruz em Petrópolis, o Instituto Oswaldo Cruz e a Associação Nikkei de Petrópolis apresentam, de 10 de outubro a 15 de dezembro de 2017, na sala de exposições do Palácio Itaboraí, a mostra Japão: Saúde, Cultura e Biodiversidade. A proposta é contribuir com a promoção da troca cultural nipo-brasilieira e mostrar como ambas sociedades compartilham valores afins nestes três segmentos essenciais à vida.

No âmbito da Saúde, a exposição traz informações sobre o Dr. Hideyo Noguchi, suas importantes contribuições a descobertas na área da saúde e suas interações com pesquisadores brasileiros, como Oswaldo Cruz. Dr. Noguchi foi um cientista japonês, nascido no final do século 19, que ficou conhecido internacionalmente por suas pesquisas sobre o antídoto para picadas de cobras peçonhentas, além das pesquisas sobre a sífilis, a febre amarela e várias doenças infecciosas. 

No campo Cultural, a mostra exibe objetos tradicionais da arte japonesa, representados pelo vestuário, peças de adorno e decorativas, artesanatos, além de diversos animais e outras formas que ganham vida e sutileza pela arte de dobradura de papel. Na exposição há uma seção dedicada, por exemplo, às Kokeshi, bonecas japonesas originárias no norte do país, manufaturadas em madeira, possuindo um tronco simples e uma grande cabeça.

Na área de Biodiversidade, a exposição apresenta a Coleção Entomológica do Instituto Oswaldo Cruz, que é um acervo de insetos brasileiros, e revela também a popularidade dos insetos no Japão. Entre as curiosidades trazidas pela mostra está a admiração, principalmente pelas crianças japonesas, por este tipo de animal, que são vistos como heróis em miniatura e a caça a estes insetos é um grande hobby naquele país, que, inclusive, inspirou os personagens da série Pokémon.

A exposição será inaugurada na próxima terca-feira, 10/10, às 15h, com a presença do Cônsul Geral do Japão no Brasil.  É aberta ao público de segunda a sexta, das 8h30 às 17h, e aos sábados, das 9h às 16h. Grupos podem agendar a visita pelo telefone (24) 2246-1430 ou pelo email forumitaborai@fiocruz.br. A entrada é franca.

Fórum Itaboraí – Fiocruz

Inaugurado em 18 de outubro de 2011, como um programa especial da Presidência da Fiocruz, o Palácio Itaboraí abriga o Fórum Itaboraí: Política, Ciência e Cultura na Saúde. O Fórum é um espaço permanente de reflexão e geração de ideias, que tem como principal objetivo reunir intelectuais, cientistas, artistas, gestores e usuários de educação e saúde do Brasil e do estrangeiro, para gerar formulações de políticas e práticas tendentes a reduzir as desigualdades sociais na saúde. O Fórum também desenvolve ações comunitárias que permitam pôr em prática atividades inter e transetoriais. Entre essas práticas se destacam: a realização do Diagnóstico Rápido Participativo da situação de saúde em conjunto com o Programa de Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde; a Orquestra de Câmara do Palácio Itaboraí – OCPIT, um projeto que oferece a oportunidade de formação orquestral e profissionalizante a alunos da rede pública de ensino; a Trilha do Arboreto com as plantas medicinais, que visa disseminar e resgatar os conhecimentos, através de várias parcerias com instituições e comunidades ; incluem-se a disponibilização de espaços de estudos com acesso a bibliotecas virtuais; atividades de inserção digital; de apoio à capacitação tecnológica para trabalhadores de saúde; a investigação – ação participativa no campo da promoção da saúde; debates culturais, projetos, eventos e exposições de artes e cultura e, mais recentemente, a implantação de um núcleo de formação do Teatro do Oprimido,  entre outras.