Prefeitura vai oferecer remédios da Farmácia Popular nos postos de saúde

4 meses atrás


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Divulgação | Tribuna de Petrópolis

A Secretaria de Saúde manterá o fornecimento dos 112 medicamentos ofertados pelo Programa Farmácia Popular, do governo federal, no município. O governo federal está encerrando o programa em todo o país, mas em Petrópolis, por determinação do prefeito Bernardo Rossi, a distribuição vai continuar sendo feita, porém de outra forma: nos PSFs e UBS. A distribuição de antibióticos, antiflamatórios, vermífugos, entre outros remédios ocorrerá nas 8 Unidades Básicas de Saúde e nos 31Postos de Saúde da Família a partir de 1º de agosto. 

Já as 2 unidades do Farmácia Popular que funcionavam ao lado dos Correios, no Centro, e em Corrêas, serão encerradas pelo governo federal no dia 31 de julho. E estes imóveis também serão assumidos pela prefeitura. Eles ficarão fechados até que a prefeitura reestruture os prédios que vão ser reutilizados.

“Então, para que a população não seja penalizada, a prefeitura vai arcar com os medicamentos e já colocará a partir do dia 1º de agosto nos postos e UBS.  O atendimento nas farmácias populares do centro e de Corrêas era uma média de 200 pessoas por dia, então nossa rede consegue absorver a demanda sem filas, sem prejuízos à população”, explica o secretário de Saúde, Silmar Fortes.


Remédios para diabetes e hipertensão estarão na rede particular, mas de graça

A retirada de remédios para diabetes e hipertensão deve ser feita nas 23 farmácias particulares que são conveniadas com o governo federal. São as farmácias que fazem parte do programa ‘Aqui tem Farmácia Popular’ . Essas farmácias têm à disposição da população 25 medicamentos, com ênfase para os que tratam diabetes e hipertensão. Em Petrópolis são 23 unidades distribuídas nos bairros – Centro, Retiro, Itaipava, Corrêas, Alto da Serra, Quissamã, Bingen, Duarte da Silveira e Castrioto. 

A coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica, Roseane Borsato Costa anuncia que durante o período de transição, a retirada dos medicamentos de hipertensão e diabetes deverá ser realizada nas farmácias conveniadas no programa ‘Aqui tem Farmácia Popular’.

“Esses medicamentos em especial deverão ser retirados nas farmácias conveniadas porque para a entrega é preciso de um cadastro, o que não poderemos disponibilizar de imediato nos Postos de Saúde e Unidades Básicas de Saúde”, disse Roseane Borsato Costa.