Solstício do Som é proibido pela Justiça em Petrópolis

Por: Redação Tribuna

Sábado, 10 de Junho de 2017


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Reprodução rede social
O evento “Solstício do Som 14 – Inverno 2017” foi proibido pelo juiz da 4ª Vara Cível de Petrópolis, Jorge Luiz Martins Alves, devido aos organizadores não terem conseguido cumprir uma das condições da Prefeitura, que é o alvará da Vara da Infância, Juventude e Idoso. A decisão final do juiz saiu na tarde de sexta-feira (09), com a determinação para que fosse iniciado a desmontagem de toda estrutura do evento e no caso de descumprimento, pagamento de multa no valor de R$ 20 mil.

Faça o seu login ou cadastre-se

facebook google linkedin

Leia também Liminar autoriza realização do Solstício

Uma liminar do juiz Jorge Luiz Martins, da 4ª Vara Cível da Comarca de Petrópolis, permitiu a realização do festival...