Último fim de semana do Festival de Inverno com música, teatro e filme

4 meses atrás


Texto: A - A A +
Compartilhar:
imagem noticias
Divulgação | Tribuna de Petrópolis

O grupo carioca BossaCucaNova, que mescla samba, maracatu, rock, funk e soul, embala o dia de hoje de quem for aproveitar para passear no lago do Sesc Quitandinha. A banda formada por Cris Delanno (voz, flauta e teclados), Flavio Mendes (voz e guitarra), Alexandre Caldi (sax, flautas e back in vocal) e DadoBrother (percussão) faz show com entrada franca às 13h, dentro da programação do Festival Sesc de Inverno, que se encerra amanhã. No repertório do espetáculo, batizado de “BossaCucaNova encontra Tom Jobim”, estão clássicos da MPB como Samba de Verão (Marcos Valle/Paulo Sergio Valle); Águas de Março (Tom Jobim); Garota de Ipanema (Tom/Vinicius), Só tinha de ser com você (Tom Jobim/ Aloysio de Oliveira) e Água de Beber (Tom/Vinicius).

A apresentação de BossaCucaNova é apenas umas das atrações na programação que fecha o Festival Sesc de Inverno 2017 neste fim de semana. Ganhadora de todos os principais prêmios nas categorias “Melhor Ator”, “Melhor Espetáculo” e “Melhor Produção”, a peça“Escandalo Philippe Dussaert”, estrelada por Marcus Caruso, será apresentada hoje às 21h. Amanhã, às 19h, tem “Sobre Cisnes”, solo de dança inspirado em “A Morte do Cisne”, protagonizado pela célebre bailarina russa Anna Pavlova. Nessa nova e contemporânea montagem, figurino e cenário são feitos com sacos plásticos, ensejando, assim, a reflexão sobre a sustentabilidade ambiental.

O humor ao longo da história estará em pauta na mesa “Do Pasquim ao Humor Contemporâneo – Censura e Liberdade de Expressão” hoje, às 20h. Martha Alencar, que foi editora do dO Pasquim, e Miguel Paiva, cartunista do periódico, conversam com os atores e humoristas Michel Melamed e Fernando Ceylão com mediação da jornalista Ana Cláudia Souza. A conversa será precedida da exibição dos documentários O Riso dos Outros, de Pedro Arantes (2012), às 18h, e Pasquim – A Subversão do Humor, de Roberto Stefanelli (2004), às 19h.

A Nuvem Cigana - coletivo de poetas que movimentou a cultura carioca nos anos 70 – será homenageada nesta edição do Festival Sesc de Inverno. Hoje, às 17h30, integrantes do coletivo - Chacal, Charles Peixoto, Ronaldo Santos e Bernardo Vilhena – se encontram e realizam performances poéticas. No domingo, às 17h, participam da exibição de “As Incríveis Artimanhas da Nuvem Cigana”, documentário que retrata o movimento criado por eles. Os diretores do filme Claudio Lobato e Paola Vieira também estarão presentes. A programação completa pode ser consultada em www.festivalsescdeinverno.com.br.